Crostinnis

A Páscoa já lá vai, mas algumas das nossas experiências têm ficado por publicar. Hoje, com mais tempo, e digestão feita, deixamos algumas imagens da nossa mesa.

_DSC3506_1 _DSC3513

Estes Crostinnis foram inspirados aqui e aqui, embora a expressão desta segunda influência não tenha vivido tempo suficiente para ser retratada…

Procedimento:

Cortar baguetes de pão rústico em fatias muito finas e em tamanho pequeno, como uma tosta; Levar ao forno para tostar o pão; Colocar coberturas diferentes no pão tostado:

  • uvas pequenas (cortadas ao meio), tomilho, com fatias finas de queijo chévre por cima e levar de novo ao forno para derreter o queijo;
  • queijo ricota, nozes e doce de abóbora;
  • queijo creme (philadelphia por exemplo), salmão fumado, um pouco de endro e caviar no topo;
  • por último, queijo creme, morangos frescos e um toque de vinagre balsâmico de figo.

Almôndegas e a cultura da marmita

Há muito tempo que o uso da marmita é algo que se cultiva aqui em casa. Perde-se menos tempo, come-se melhor, coloca-se a conversa em dia com os colegas e poupam-se uns trocos. Felizmente que este hábito se alastrou até se tornar moda, pois agora podemos levar a comida para o trabalho com muito mais estilo, em recipientes funcionais e até mais seguros do ponto de vista alimentar.

A necessidade de encher a marmita, aliada à intenção de fazer comida para ter sempre pronta a descongelar em casos de jantar-emergência, teve como resultado esta receita de almôndegas que permitiu obter 7 doses individuais.

 almondegas

Ingredientes:

  • 700g de carne de vaca picada
  • 1 lata grande de tomate pelado (triturado)
  • 2 cebolas roxas (picadas)
  • 3 dentes de alho (picados)
  • Manjericão fresco
  • 150g de queijo parmesão
  • Farinha para polvilhar
  • Azeite
  • Sal

Colocar o parmesão, com parte do manjericão, na picadora e reduzir a pó. Temperar a carne picada com sal, alho picado e metade da mistura de parmesão com manjericão, misturando muito bem.

À parte, misturar o restante parmesão com a farinha. Moldar pequenas bolinhas e passá-las nesta mistura até ficarem bem cobertas. Reservar.

Numa frigideira, fritar a cebola picada num fio de azeite até alourar. Retirar para uma taça à parte. Utilizar a mesma frigideira (adicionando mais azeite, se necessário) para fritar rapidamente as bolinhas panadas até ficarem douradinhas. Juntar a cebola frita e o tomate triturado. Temperar com sal e juntar manjericão grosseiramente picado. Caso tenha sobrado parte da mistura de parmesão ralado com farinha, adicionar ao molho, mexendo muito bem para não formar grumos. Isto vai ajudar a engrossar rapidamente o molho de tomate. Cozinhar até que a carne esteja bem passada e o molho no ponto certo.

Servir com esparguete ou arroz; congelar em doses ou levar na marmita.

 

Bolachinhas salgadas, de parmesão e aromáticas

Há muito tempo que as bolachinhas salgadas estavam na lista dos To Do’s. Hoje, estando o forno num entra e sai de biscoitinhos de limão e gengibre (num remake desta receita-base), improvisou-se uma massa com as aromáticas, que crescem entre o quintal e a cozinha, e eis o resultado!

Não se pode esperar que tal inspiração momentânea possa seguir uma receita, mas revelaremos os ingredientes, e a intuição fará o resto.

 _DSC1629

Ingredientes:

  • 100g de manteiga sem sal à temperatura ambiente
  • (cerca de) uma colher de chá de sal
  • (cerca de) 150g de parmesão (usámos Grana Padano mas um Parmigiano fará toda a diferença)
  • 1 ovo biológico
  • Ervas aromáticas (usámos manjericão fresco, tomilho fresco e orégãos secos)
  • Farinha até deixar de colar às mãos (cerca de 400g)
  • 1 colher de sobremesa de fermento em pó

Bater a manteiga com o sal e o ovo. Colocar o queijo no robot de cozinha, juntar as ervas aromáticas e triturar. Misturar muito bem com o preparado anterior. Adicionar o fermento e a farinha, aos poucos, até que a massa deixe de estar pegajosa. Formar uma bola, cobrir com farinha e levar a refrigerar durante cerca de 1 hora.

Depois é tempo de dar forma e levar ao forno, previamente aquecido a 180º, durante cerca de 10 minutos.

_DSC1627

O resultado? Bolachas fofinhas, ideais para um snack ou para entrada.

Rolinhos de beringela com requeijão e cogumelos

Não temos tido oportunidade de publicar aqui receitas com a frequência desejada. A intenção de eliminar gorduras e hidratos de carbono maus da nossa dieta tem impedido a proliferação de receitas interessantes de partilhar. Esta é uma excepção (inspirada aqui e ali) que já repetimos em vários formatos, com espinafres ao invés de cogumelos, com courgette ao invés de beringela. Qualquer versão é uma óptima aposta e pode ser adaptada facilmente a uma dieta vegetariana.

Ingredientes:

  • 2 ou 3 beringelas
  • 1 lata grande de tomate pelado
  • 1 requeijão de Seia (faz toda a diferença)
  • 1 embalagem de cogumelos frescos
  • 1 cebola
  • Parmesão ralado na hora
  • Sal e pimenta
  • Azeite

Começa-se por lavar e cortar as beringelas em finas fatias no sentido do comprimento. Como a beringela oxida rapidamente, costumo ir cortando à medida que preciso. Grelhar as fatias até ficarem maleáveis (se necessário regar com um fio de azeite, tendo em atenção que a beringela absorve muita gordura).

Ao mesmo tempo, aloura-se a cebola num fio de azeite, adiciona-se o molho de tomate e tempera-se com sal e pimenta. Deixa-se apurar o molho. Nesta fase costumo adicionar os pedacinhos de beringela que não dão para enrolar.

Pré-aquecer o forno.

Salteiam-se os cogumelos, escorrem-se e misturam-se com o requeijão até formar uma pasta.

Enrolam-se as tiras de beringela grelhada em volta de uma parte da pasta de requeijão e cogumelos e dispõem-se os rolinhos lado a lado num tabuleiro. Cobre-se com o molho de tomate, polvilha-se com parmesão ralado e vai ao forno a gratinar.

Beringela no forno com tomate, mozzarela e ervas aromáticas

Encontramo-nos ainda na árdua demanda por refeições mais “low” em certos aspectos que não ajudam à boa forma física. Por isso hoje os legumes foram ao forno! A ideia surgiu de um acepipe saudável oferecido pela prima D. antes do jantar. Não fomos de modas e reproduzimos a receita para o almoço, em formato king size.

Ingredientes:

  • 1 beringela grande
  • 2 tomates grandes maduros
  • 2 embalagens de queijo mozzarela fresco (para uma versão mais saudável podem usar requeijão ou ricota)
  • Tomilho
  • Orégãos secos
  • Sal
  • Azeite

Pré-aqueça o forno (cerca de 200ºC) enquanto prepara os ingredientes.

Corte a beringela em rodelas finas e disponha no tabuleiro de ir ao forno. Por cima coloque as fatias de tomate e o queijo. Tempere com as ervas aromáticas, sal e um fio de azeite.

Coloque o tabuleiro no forno, tapado com papel de alumínio e deixe cozinhar lentamente até que a beringela fique mole (isto demora cerca de 50min). Retire do forno e sirva.

Gratinado de cogumelos com 4 queijos

Os cogumelos estão sempre presentes na lista de compras cá de casa. Ontem foram parar ao forno numa adaptação de Baked Ziti. Rápido e reconfortante.

Ingredientes:

  • Massa pene ou rigatoni
  • Azeite
  • Cogumelos frescos (usei uma mistura de brancos e portobello)
  • Courgette (só porque havia cá para gastar)
  • Alho
  • Passata (à falta dela usei tomate pelado triturado)
  • Natas
  • Queijo provolone fatiado
  • Queijo mozzarela ralado
  • Queijo gorgonzola
  • Queijo parmesão ralado na hora
  • Manjericão fresco
  • Orégãos secos
  • Sal

Pré-aquecer o forno enquanto se coze a pasta numa panela com bastante água e um punhado de sal, até ¾ do tempo de cozedura indicado.

Numa frigideira, salteiam-se os legumes num fio de azeite, com o alho picado, até amolecerem. Adiciona-se a passata, rectifica-se o sal e aumenta-se o lume para evaporar a água em excesso. Incorporam-se as natas até obter um molho cremoso, junta-se o manjericão grosseiramente picado e os orégãos secos.

Coloca-se um fio de azeite num tabuleiro, deita-se a massa escorrida, o molho de cogumelos e por fim os vários queijos, tendo o cuidado de deixar o parmesão por cima. Vai ao forno gratinar.

No final ficámos a pensar que umas azeitonas pretas ficariam aqui mesmo bem. Para a próxima assim será 🙂