Trapalhada de frutos vermelhos com natas e suspiros

Escrever este post confrontou-me com a dificuldade em dar um nome a esta sobremesa. É que é tão rápida de fazer que não faz sentido demorar mais na escolha de uma designação do que na sua preparação! Esta é uma receita baseada na Eton Mess da Nigella, e faz-se num instantinho. É óptima para levar semi-preparada para a casa dos amigos e juntar lá todos os ingredientes até ficar com este aspecto fantástico!

_DSC8267

Ingredientes:

  • 1 embalagem de suspiros
  • 2 pacotes de natas
  • frutos vermelhos (usámos morangos e framboesas)
  • açúcar amarelo
  • vinho do Porto ou outra bebida licorosa/alcoolica que prefiram

Lavam-se os frutos vermelhos e colocam-se num recipiente com o açúcar amarelo e o vinho do Porto para macerar. Pode ficar assim várias horas.

Na hora de servir batem-se as natas com um pouco de açúcar. Numa taça, alternam-se as camadas de natas, com os frutos vermelhos e os suspiros. Se quiserem podem deixar alguns frutos vermelhos sem maceração para decorar.

Se no final da refeição sobrar sobremesa, podem congelar. Os suspiros continuarão crocantes e acabam com um gelado muito interessante!

Scones

Scones ficam bem em qualquer mesa de lanche. Por não encontrar a receita velhinha, em papel amarelado, dos scones densos e aspirantes aos perfeitos scones do Saudade, procurou-se uma receita online. O blog da Joana Roque tem várias características positivas, nomeadamente quanto à informação completa fornecida nas receitas, o que faz com que o produto final corresponda sempre às expectativas (mesmo quando inventamos por cima)! Por esta garantia de sucesso é um recurso usado muitas vezes em SOS e também em novos desafios. Assim, segue a receita com as devidas alterações, destes scones que ficaram leves e fofos.

scones

Ingredientes:

  • 250g de farinha
  • 2 colheres de sopa de açúcar amarelo
  • 1 colher de chá cheia de fermento
  • 1 pitada de sal
  • 2 ovos
  • 2 colheres de sopa de manteiga (manteiga mesmo)
  • 6 colheres de sopa de leite

Misturar os ingredientes secos (farinha, fermento, açúcar e sal) numa tigela grande e, à parte, bater os ovos e adicionar o leite e a manteiga mexendo bem. Fazer uma cova no centro de mistura dos ingredientes secos e deitar os líquidos. Amassar rapidamente com as pontas dos dedos e tender pequenas bolinhas. Levar ao forno num tabuleiro com papel vegetal, durante cerca de 15 minutos.

Servir quentes com compota ou manteiga!

Clafoutis aux Pomme

Esta sobremesa, prática de fazer, é deliciosa e até saudável, e talvez por isso se tenha tornado um sucesso da amiga E. que é constantemente convidada a levá-lo para festas.

Ontem foi dia de mercado e de maçãs reinetas que, por serem ácidas, funcionam muito bem neste doce.

Segue a receita, com as típicas alterações… 😛

clafoutis

Ingredientes:

  • 3 a 4 maçãs
  • 2 chávenas de farinha
  • 1 +1/2 chávena de açúcar
  • 4 ovos
  • 0,5 l de leite
  • 2 colheres de sopa de manteiga
  • 2 colheres de chá de fermento em pó

Pré-aquecer o forno a 180ºC.

Misturar bem todos os ingredientes, excepto as maçãs, que se cortam em fatias finas e se colocam no fundo de um tabuleiro forrado de papel vegetal. Deitar a mistura por cima das maçãs e levar ao forno durante cerca de 40minutos.

Muffins de Aveia e Canela

No local onde trabalho há, naturalmente, a tradição de levar bolo no dia do aniversário. No entanto, nem sempre dá muito jeito cozinhar nesse dia, já por si, cheio de solicitações. Por isso instituimos a regra de ser uma colega a fazer o bolo de aniversário. Desta vez auto-encarreguei-me de fazer o bolo de aniversário da S. que foi celebrado com um ligeiro atraso.

Uma vez que tinha acabado de comprar umas forminhas de papel muito giras, o bolo foi transformado em pequenos muffins. Segue a receita.

Muffins aveia canela

Ingredientes:

(1 chávena = 250ml)

  • 1 + ½ chávena de farinha
  • 1 chávena de aveia integral
  • 1 chávena de açúcar amarelo
  • 1 colher de chá de fermento
  • ½ chávena de margarina derretida
  • 1 pitada de sal
  • 2 iogurtes naturais
  • 2 ovos

 

Pré-aquecer o forno a 180ºC. Num jarro/copo medidor, empilhar os ingredientes secos: farinha, aveia, açúcar, fermento e sal.

Misturar muito bem os ovos com o iogurte, adiconar aos poucos os ingredientes secos e por fim a margarina.

Mexer tudo muito bem e colocar nas formas de papel, polvilhando com alguns flocos de aveia. Levar ao forno durante cerca de 15min ou até passarem no teste do palito.

mufins aveia e canela

Bolo de Guinness

A pedido de várias famílias segue a receita do bolo de Guinness que não ficou muito fotografável mas, por outro lado, extremamente delicioso!

A receita que serviu de base é a da Nigella, mas como já se sabe, o factor “a olho” ganha sempre mais espaço, pelo que apresento a coisa tal como foi feita.

Image

Ingredientes:

Bolo

  • 250ml de cerveja Guinness
  • 250g de manteiga sem sal (manteiga mesmo!)
  • 75g de cacau em pó
  • 70g de chocolate de culinária
  • 400g de açúcar mascavado (usei integral, mas ficaria ainda melhor com açúcar castanho)
  • 150ml de natas
  • 3 ovos
  • 275g de farinha
  • 1 colher de chá de fermento em pó

Cobertura

  • 1 embalagem de queijo marcarpone
  • 1 pacote de natas
  • Açúcar em pó

Pré-aquecer o forno a 180º e untar uma forma sem buraco.

Numa panela, colocar a Guinness e a Manteiga e aquecer em lume brando. Quando a manteiga começar a derreter, adicionar o açúcar, o cacau em pó e o chocolate partido em pedacinhos. Isto vai originar uma mistura castanha e viscosa. Mexer sempre para não queimar o chocolate.

À parte, misturar muito bem os ovos com as natas. Adiciona-se a farinha e o fermento até ficar uma pasta homogénea. Verte-se aos poucos esta mistura para a panela, misturando tudo muito bem. Coloca-se na forma e vai ao forno durante cerca de 50 minutos ou até passar no “teste do palito”. Não se deve deixar cozer demais pois o interesse deste bolo reside no facto de ficar húmido no interior.

Depois de arrefecido o bolo pode então fazer-se a cobertura. Para tal basta bater as natas até ficarem bem firmes, adicionar o mascarpone e o açúcar em pó e misturar bem.

Por ser tão simples, tão bom e tão diferente, este vai ser um bolo a repetir.

Crumble de Marmelo

O Outono é talvez a nossa estação do ano favorita. Tem cores maravilhosas, uma luz fantástica para fotografar e produtos de época deliciosos. Os marmelos são um exemplo desta frutífera sazonalidade e aqui comem-se de várias maneiras como já tivemos oportunidade de demonstrar. 

Geralmente a pressa acaba por colocar os marmelos no forno apenas polvilhados com açúcar amarelo e regados com Porto mas desta vez saiu um belo crumble. A receita foi apresentada em formato comestível pela amiga B. que, tal como a parte feminina desta díade, não segue regras, quantidades ou ingredientes. Aliás, dada a sua intolerância ao trigo, utilizou farinha de arroz e ficou óptimo. Seguem os procedimentos…

 

_DSC1813Ingredientes:

  • Marmelos
  • Vinho do Porto
  • Açúcar Mascavado
  • Farinha de trigo/arroz
  • Manteiga (creme culinário ou manteiga de soja funciona igualmente bem)
  • Flocos de aveia

Partir os marmelos em pedaços pequenos, regar com vinho do Porto e polvilhar com o açúcar. Levar ao forno tapado com papel de alumínio até ficarem bem molinhos.

Num robot de cozinha, misturar muito bem a farinha, manteiga e o açúcar. No final adicionam-se os flocos de aveia e “pica-se” grosseiramente. O objectivo é obter uma massa areada.

Depois dos marmelos estarem cozidos, adicionam-se pedaços de massa até cobrir o tabuleiro. Vai ao forno para tostar (cerca de 15min).

É óptimo comido ainda morninho 🙂