Tryp Oriente – Semana Gastronómica das Francesinhas

Ontem fomos às Francesinhas do Tryp Oriente. As 10 eleitas tinham potencialidades que dificultavam a escolha, os ingredientes eram de grande qualidade, a carne era grelhada e cortada na perfeição e o camarão da nossa PortoBeer estava maravilhosamente bem temperado e cozinhado no ponto. O molho era (quanto a nós) demasiado cremoso (tipo sopinha) e não tão picante como a maioria das francesinhas (o que agradou às meninas na mesa!). Algumas das opções não incluíam ovo estrelado (sacrilégio!) mas houve flexibilidade para remediar esse assunto. Definitivamente, não gostámos das batatas fritas congeladas.

Mas comer francesinhas, cheias de queijo derretido e “molhanga”, à média luz, com um empregado de fato e gravata e perguntar com que cocktail gostaríamos de iniciar a nossa refeição, com 3 pratos por debaixo de cada chávena ou taça, e sem canecas de imperial fresca e bem tirada, é algo de paradoxal. Até o valor do jantar por pessoa (13€) nos pareceu desajustado ao espaço e ao serviço, especialmente tendo em conta a última experiência no Dom Tacho onde pagámos 16€ por pessoa, numa sala cheia de fumo e barulho, com entradas manhosas e ovo com a gema cozida.

Vale a pena ir, pelas francesinhas!

Diz que é uma espécie de petit gateau com nutella e gelado de nata

Quem gosta de Nutella ponha o dedo do ar!

A metade masculina desta díade surpreendeu recentemente com uma versão, ainda simplificada, deste Gianduja Molten Cake with Hazelnut Gelato & Brittle, coberto com Nutella.

Para a próxima será necessário rever o tempo no forno para ficarem menos cozidos, mas a receita é óptima!

_DSC3566

Procedimento:

  • Em banho maria derreter 8 colheres de sopa de manteiga sem sal com 1 tablete de chocolate de culinária 70% cacau;
  • Numa tigela, em separado, juntar 2 ovos inteiros, 2 gemas de ovo e meia chávena de açúcar amarelo, misturar tudo muito bem;
  • Juntar o chocolate derretido na mistura dos ovos aos poucos, e ir mexendo tudo;
  • Juntar 2 colheres de sopa de farinha e mexer até ligar a mistura toda;
  • Aquecer o forno a 230º;
  • Colocar a mistura de chocolate em formas de muffin;
  • Levar ao forno durante 6 a 9 minutos, até aos lados estarem cozidos mas ainda haver cova no meio, sinal que ainda está derretido no interior;
  • Levar ao prato com uma cobertura de Nutella por cima dos bolinhos de chocolate, uma bola de gelado de natas e avelãs trituradas por cima do gelado.

_DSC3568

Crostinnis

A Páscoa já lá vai, mas algumas das nossas experiências têm ficado por publicar. Hoje, com mais tempo, e digestão feita, deixamos algumas imagens da nossa mesa.

_DSC3506_1 _DSC3513

Estes Crostinnis foram inspirados aqui e aqui, embora a expressão desta segunda influência não tenha vivido tempo suficiente para ser retratada…

Procedimento:

Cortar baguetes de pão rústico em fatias muito finas e em tamanho pequeno, como uma tosta; Levar ao forno para tostar o pão; Colocar coberturas diferentes no pão tostado:

  • uvas pequenas (cortadas ao meio), tomilho, com fatias finas de queijo chévre por cima e levar de novo ao forno para derreter o queijo;
  • queijo ricota, nozes e doce de abóbora;
  • queijo creme (philadelphia por exemplo), salmão fumado, um pouco de endro e caviar no topo;
  • por último, queijo creme, morangos frescos e um toque de vinagre balsâmico de figo.

Pavlova

Já era tempo de dar o devido destaque à rainha das festas, a Pavlova! Tem um aspecto interessante e apetecível e é muito fácil de fazer e transportar, pelo que a levamos frequentemente a jantares quando nos toca a responsabilidade da sobremesa. Também é normal ter claras congeladas, o que evita bastantes desperdícios.

Esta receita tem como base a Pavlova de maracujá da Nigella e neste caso utilizei 5 claras, mas deixo-vos as proporções…

Ingredientes:

  • 4 claras de ovo
  • 4 colheres de açúcar por cada clara
  • 2 colheres de chá de amido de milho
  • 2 colheres de chá de vinagre de cidra (podem usar vinagre de vinho branco)
  • 1 pitada de sal

Para a cobertura

  • 1 pacote de natas para bater (refrigeradas)
  • 1 embalagem de queijo mascarpone
  • 2 colheres de sopa de açúcar
  • Frutos vermelhos (ou Maracujá, ou raspas de chocolate, ou o que vos apetecer)

 pavlova

Pré-aquecer o forno a 180ºC.

Bater as claras em castelo, com o sal, até formarem picos (mas sem estarem bem firmes), adicionar o açúcar, amido de milho e o vinagre e bater muito bem até formar uma mistura pastosa e brilhante.

Dispor a “massa” numa superfície anti-aderente (pode ser papel vegetal, ou uma forma de fundo amovível, mas nesse caso há que ter cuidado para que a massa não toque nos rebordos para não colar) formando um disco. Colocar no forno, baixando a temperatura para 150ºC. Deixar cozinhar durante cerca de 1h20, dependendo do gosto pelo merengue no meio. Desligar o forno e só voltar a abrir depois de completamente arrefecido (geralmente deixo de um dia para o outro).

Bater as natas com o açúcar até ficarem firmes. Adicionar o queijo mascarpone e misturar muito bem. Cobrir a pavlova com o creme e com os frutos vermelhos, pouco tempo antes de servir.

_DSC3517

Bolo de avelãs e pedacinhos de chocolate para partilhar com as colegas

Isto de publicar as receitas que por aqui se experimentam (e quem tem blogs do género poderá confirmar) tem geralmente dois tipos de consequências. O primeiro é poder responder prontamente a pedidos de cedência das receitas, porque “está no blog!”, o segundo é ter sucessivamente solicitações como resposta aos posts, do tipo “aí de ti que não tragas uns desses amanhã”!

É por este segundo pretexto que faço hoje um remake deste bolo, tantas vezes acompanhado por um chá, nos rituais com a querida S… Por isso, sim, amanhã há bolo para a sobremesa!

bolo com avelãs e chocolate

A receita original resulta em pouca massa, pelo que foram feitos uns ajustes. Com estas quantidades enchi uma forma de bolo inglês e fiz 4 queques (para que cá em casa não houvessem invejas!).

Ingredientes:

  • 6 ovos biológicos/caseiros
  • 1 pitada de sal
  • 200g de manteiga sem sal ou margarina (à temperatura ambiente)
  • 200g de açúcar
  • 230g de farinha
  • 1 colher de chá de fermento em pó
  • 150g de avelãs picadas
  • 150g de chocolate de culinária picado

Pré-aquecer o forno a 180ºC.

Separar os ovos e bater as claras em castelo juntando um pouco de sal. À parte, misturar as gemas com o açúcar e adicionar a margarida. Bater até formar uma pasta esbranquiçada. Adicionar a farinha, o fermento, o chocolate partido em pedaços (ou passado na picadora) e a avelã picada. Misturar tudo muito bem, deitar na forma previamente untada (se necessário), e levar ao forno durante cerca de 50 minutos ou até estar cozido.